HomeNotíciasA arte secreta da dança turca ressalta a magia dos Dervixes

A arte secreta da dança turca ressalta a magia dos Dervixes

A arte secreta da dança turca ressalta a magia dos Dervixes

Atravessando séculos de história, a dança rodopiante reforça a espiritualidade e o amor por meio da adoração, com movimentos que hipnotizam a plateia

Por Redação

De origem turca, a dança (Sema ou Sama) Rodopiante dos Dervixes, conhecida como a Ordem Mevlevi, acredita que a música e da dança podem ajudar as pessoas a alcançarem um estado de êxtase que os liberta da dor da vida diária, purificando a alma e preenchendo-os com amor. Enquanto os músicos tocam, os Dervixes com suas vestimentas brancas e um chapéu na cabeça que se assemelha a um grande dedal, giram cada vez mais rápido, em sentido anti-horário, e atingem este sentimento chamado de “final”.

Durante essa cerimônia acredita-se que o poder divino entra pela palma da mão direita, apontada para cima, passa pelo corpo e sai pela palma da mão esquerda, apontada para baixo, em direção à terra.

Os Dervixes levam uma maneira disciplinada de viver, combinando a espiritualidade e o amor com a música e a dança, e uma das belezas deste ritual é a maneira que são unificados os três componentes fundamentais da natureza do homem: mente, emoção e espírito. Esses são combinados em uma prática e uma adoração que busca a purificação e o bem-estar da humanidade como um todo.

Com uma tradição de sete séculos, os sultões turcos costumavam a se consultarem com os Dervixes em tempos difíceis, já que o ato de girar deles gerava um efeito relaxante e hipnótico no qual os sultões podiam buscar orientações.

Compartilhar: