HomeDestinosPeru além de Machu Picchu

Peru além de Machu Picchu

Peru além de Machu Picchu

Natureza, heranças coloniais e múmias: cinco destinos para desvendar muito mais que ruínas incas

Por Fred Marvila, do blog sundaycooks.com

Vale do Colca
Cercado pelos vulcões Misti, Chachani e Pichu Pichu, o Vale do Colca é formado por 14 povoados, cada um representado por uma igrejinha, todas consideradas Patrimônios Nacionais do Peru. Alguns dos pontos de parada dos tours contemplam as Pampas Cañahuas, o Bosque de Piedras e os pueblos típicos de Pinchollo e Maca. O momento de maior ansiedade para os turistas é a visita à Cruz del Cóndor e ao mirante de Choquetico, de onde podemos ver os grandes condores voando sobre a imensidão dos cânions de mais de 4 mil metros de profundidade.

Chan Chan
A capital do povo chimu até hoje guarda o título de “maior cidade de barro da América pré-hispânica”. Ela fica na simpática cidade de Trujillo, mais ao norte de Lima, e funciona muito bem em um roteiro combinado com Chiclayo, outro destino que preserva descobertas arqueológicas de povos pré-incas. De 900 d.C. até meados de 1470, Chan Chan servia como palácio e templo, destino de peregrinação religiosa.

foto: shutterstock

Reserva Nacional de Paracas
A paisagem da Reserva Nacional de Paracas é intocada e desértica, e apesar de o mar estar ali do lado, traz um cenário bem diferente. Seu microclima é muito parecido com o do Deserto do Atacama e, durante o passeio, somos levados a conhecer alguns mirantes que mostram a dimensão da reserva.

Cataratas de Gocta
Fazer uma trilha de seis quilômetros até esta que é considerada a terceira cachoeira mais alta do mundo, é uma experiência única. A primeira queda tem 131 metros e fica próxima ao povoado de San Pablo. Já a segunda tem 540 metros e está próxima à Cocachimba. Quem quiser visitar ambas pode fazer tudo em um passeio de dia inteiro em meio à Floresta Amazônica peruana.

foto: shutterstock

Arequipa
Um dos mais belos exemplos da colonização espanhola no Peru ainda guarda tesouros importantes daqueles tempos. Arequipa é conhecida como Cidade Branca, graças ao casario construído em silla, tipo de pedra branca vulcânica porosa. Aqui há também preciosidades como Juanita, uma das múmias mais bem preservadas do país, e o Mosteiro de Santa Catalina, entre os mais conservados da América do Sul.

Saiba mais sobre o Peru aqui!

Compartilhar: