HomeDicas30 dicas de lugares diferentes para conhecer em NY

30 dicas de lugares diferentes para conhecer em NY

30 dicas de lugares diferentes para conhecer em NY

Um time de dez personalidades da televisão, da internet e da gastronomia revela seus programas favoritos na cidade

Por Redação

Paulo Gustavo | Ator e comediante | @PauloGustavo31

Abc Kitchen: Restaurante badalado e despojado. Para comer bem e ver gente legal, jovem e antenada. abchome.com/dine/abc-kitchen

Buddakan: É mais arrumado e serve drinques gostosos e comida tailandesa incrível! Sempre que chego em NY, a primeira noite é lá! buddakannyc.com

Santina: Ele fica no distrito de Meatpacking e é uma boa opção para almoçar depois de passear e fazer compras pela região. Cozinha italiana leve e foco em peixes. Para acompanhar, adora tomar um vinhozinho branco! santinanyc.com

Balthazar: É turístico e concorrido, mas reservando com antecedência dá certo! Eu amo carne com batata frita e as saladas são criativas! Para sobremesa, não resisto ao Crème Brûllée. Balthazarny.com

Marquee e 1OAK: Não sou muito de ir a boates, mas quando saio é para curtir a noite em uma destas duas. Marqueeny.com e 1oaknyc.com


Babi Beluco | Modelo | @babibeluco

Hotel Greenwich: O hotel tem como um dos sócios o ator Robert De Niro e fica localizado no West Village, um dos bairros mais badalados de Nova York. Foi no bar do lobby que tomei o melhor Bloody Mary que já experimentei na vida.  thegreenwichhotel.com

Renzo Gracie Upper em West Side: É o lugar para quem procura queimar as calorias. Eles oferecem uma aula de luta com funcional que além de perder peso, tonifica os músculos e melhora o condicionamento físico. renzogracie.com

A Second Chance: A unidade da loja na Prince Street tem uma variada seleção de bolsas de marcas, geralmente com bons preços. asecondchanceresale.com

Bareburger: Este restaurante tem o melhor hambúrguer vegano que já comi na vida, o The Impossible Burger. As saladas também são deliciosas. Bareburger.com


Thiago Koch | Chef da rede de hamburguerias Bullguer

J.G.Melon: Estava provando hambúrgueres da cidade para buscar referências antes de abrir meu restaurante e foi aqui que provei o melhor burger de NY. jgmelonnyc.com

Atoboy: Culinária coreana bem feita, perto do Madison Square Park. atoboynyc.com


Heloisa Bacellar |  Chef do restaurante / Café Lá da Venda | @nacozinhadahelo

Black Seed Bagels: Os pães assados no forno a lenha fazem toda a diferença, no sabor e na textura; tanto que nem precisa inventar muita no recheio do bagel. Cream cheese ou geleia bastam! blackseedbagels.com

Russ & Daughter’s The Cafe: Quer comer bagel com lox no recheio? Meu preferido é o clássico, com um salmão que desmancha na boca, farta camada de cream cheese, cebola roxa, tomate e alcaparras que dão um salgadinho delicioso. russanddaughterscafe.com


Maíra Medeiros | Youtuber | @mairamedeiros_

Westlight: Em Williamsburg, você não pode deixar de ir no bar Westlight que fica no topo do Hotel William Vale. Se possível vá no por-do-sol. O acesso ao rooftop é gratuito e você não precisa consumir nada no bar para curtir a vista. Mas, caso queira, o bar tem muitos drinques e uma grande variedade de cervejas, incluindo a local: Brooklyn Brewery. westlightnyc.com/

Capizzi: É restaurante italiano raiz que você quer? O Capizzi é o lugar! Ele serve pizzas individuais espetaculares em um ambiente muito vintage. Tem varalzinho de manjericão secando, móveis antigos e muita simplicidade que parecem vir diretamente da casa da Nonna! A pizza best seller deles é a Margherita, mas a minha preferida foi a pizza de berinjela à parmegiana. capizzinyc.com

Economy candy: Esta é a loja de doces mais antiga ainda em operação de Nova Iorque. Lá tem todos os doces que você pode imaginar, dos mais atuais aos mais antigos, além de outros produtos vintage! A parte de figurinhas é muito interessante e eu comprei várias porque gosto de colecionar coisas antigas. Entre as mais raras estão um pacote de figurinhas do Star Trek de 1979, um do Star Wars de 1980 e um card do Michel Jackson de 1983. E, como o nome já diz, você paga bem mais barato lá que em qualquer outra loja, por isso é um lugar muito bacana pra comprar lembrancinhas e souvenirs diferentes! economycandy.com

Aria Wine Bar: Passando na frente do Arya percebemos que era um lugar muito bonito e aconchegante, cheio de gente bebendo vinho e conversando. No início achamos que era apenas um wine bar, mas depois vimos o menu e ele é simplesmente maravilhoso – lembro com saudades do Mac and Cheese Trufado!. Além disso, a variedade de vinhos também é muito grande. ariawinebar.nyc/hk-home.html


Lucas Corazza | Chef e apresentador Que Seja Doce (GNT) |  @cheflucascorazza

Brooklyn: O bairro guarda surpresas muito boas, como a feira de Smorgasburg, onde é possível experimentar pratos bem americanos e muitas comidas diferentes. Ela rola aos finais de semana. Também vale incluir o Brooklyn Museum ao roteiro.

Insomnia Cookies: Daqueles “tem que ir”, é simplesmente um dos melhores luagres para comer cookies da cidade. insomniacookies.com

Two Little Red Hens: Esta american bakery é simplesmente encantadora e ainda tem um cheesecake incrível. Twolittleredhens.com

Bassanova Ramen: Amo ramen e NY é a cidade para experimentar este prato. Este é meu predileto e ainda fica já em chinatown, que vale o passeio por si só. bassanova-ramen.com


Paulo D’Amaro | Jornalista e comentarista esportivo | @manchanfl

Beautiful on Broadway: Em cartaz (e lotado) há cinco anos, o musical conta a história da compositora e cantora Carole King. Ora divertido, ora dramático, ele refaz a trajetória da tímida nova-iorquina que, no final dos anos 1960 e ao longo dos anos 1970,  despontou para o sucesso com os hits “You’ve got a friend” e “It’s too late”. beautifulonbroadway.com

Opry City Stage: Mistura de restaurante e casa de espetáculos, é filial de um dos mais famosos palcos de música country dos Estados Unidos: a Grand Ole Opry, de Nashville, no Tennessee. A unidade nova-iorquina fica perto da Times Square e abre desde o almoço até a madrugada. A programação do palco é variada, pode-se ver shows de iniciantes, nos horários menos concorridos; ou de grandes astros, no período noturno, sobretudo aos sábados. A culinária é tex mex, com boa variedade de drinques e cervejas. oprycitystage.com.

Steve Cohen Chamber Magic: Conhecido como “O Mágico dos Milionários”, Steve Cohen se apresentou durante 17 anos no suntuoso hotel Waldorf Astoria. Recentemente, remodelou seu show e passou a fazer sua mágica no igualmente luxuoso Lotte New York Palace. Ele realiza leitura do pensamento, truques de cartas e a performance Think-a-Drink, em que faz aparecer dentro de um bule a bebida que o convidado desejar. Desde Coca-cola até uma caipirinha. O espetáculo tem dress code, terno e gravata para homens; traje de festa para mulheres. chambermagic.com


Carla Vilhena | Jornalista | @carlavilhenaa

Neue Galerie: Foi neste museu que vi a obra prima de um dos meus artistas favoritos, Gustav Klimt. A Dama Dourada (Adele Bloch-Bauer) e a saga de sua recuperação foram retratadas no filme de mesmo nome. E estar diante do quadro, principalmente sabendo a história, é uma experiência fascinante.


Carla Lemos | Blogueira | @modices

Rosario’s Pizza: Pizza super clássica e deliciosa. Uma fatia já vale por uma refeição completa. facebook.com/rosariospizzalesnyc

Brechós: meu roteiro de brechós favoritos é o de Bushwick no Brooklyn. Lá dá para encontrar de tudo e tem peças baratas e outras vintage, bem ricas. Fiz um vídeo sobre esse roteiro no meu canal do youtube: bit.ly/modices-brecho

Louis Armstrong House Museum: Se você gosta de música, cultura negra e decoração retrô, vá conhecer a casa museu do Louis Armstrong, no Queens. A história dele contada através da casa cheia de personalidade é um passeio adorável. E no verão ainda tem shows no jardim da casa. louisarmstronghouse.org

Museum of the City of New York: Este ano eu conheci o Museu da Cidade de NYC no Harlem e virei fã. Peguei uma exposição sobre a história do feminismo no destino, uma outra sobre moda nos anos 1950/1960. Montagens lindas e super bem contadas. Além dele tem o Brooklyn Museum que tem uma parte todinha de arte feminista. www.mcny.org

125th St no Harlem: Para comprar produtos de cabelo, vá até a rua 125th no Harlem. Lá é o paraíso porque além da variedade incrível, os preços são muito mais baratos. E o Harlem também é ótimo pras sneakerheads por que a curadoria de modelos de tênis dessa região é especial. Alguns modelos só chegam lá.

Compartilhar: